Bangalô Cravo e Canela na Casacor Bahia 2019 pela arquiteta Jéssica Araújo

Bangalô Cravo e Canela na Casacor Bahia 2019 pela arquiteta Jéssica Araújo
  • Bangalô Cravo e Canela, Casacor Bahia 2019 por Arquiteta Jéssica Araújo

Bangalô Cravo e Canela, Casacor Bahia 2019 por Arquiteta Jéssica Araújo

O bangalô Cravo e Canela de Jéssica Araújo, consiste em um refúgio para se encontrar e permitir aflorar os seus instintos genuínos que somente um lugar conectado com a natureza pode proporcionar. Um local para explorar com mais qualidade a luz natural e possibilitar sensações distintas diante de tudo que foi pensado e traduzido em arquitetura. 

 



˜Sempre pensamos em trazer um conceito diferenciado para nossos ambientes na Casacor, bem como deixar explícito de forma sútil a nossa identidade arquitetônica que consiste em integrar o natural e o urbano de forma harmoniosa e com um toque de personalidade. Neste ano, seguindo nosso entendimento de planeta casa trouxemos a mãe Terra e o universo feminino como partido, para trazer reflexões entre as conquistas e contrastes que compreendem esse universo, diante das escolhas das texturas e os elementos do projeto.˜

˜Nossos ambientes estão sempre relacionados a música e poesia, todos os anos somos fortemente inspirados pelas canções que se tornam âncora dos nossos projetos,  neste ano foi um pouco diferente, a musica não foi um ponto de partida mas escolhemos a música “Maria de Verdade” de Carlinhos Brown e interpretada por Marisa Monte para nortear nosso processo criativo.˜

Para entitular o ambiente trazemos a literatura baiana, para que nos tempos de hoje, as pessoas reflitam sobre o papel de Gabriela, personagem de Jorge Amado, que traduzia liberdade e mudança em sensualidade de forma sútil, ao ponto de muitos não perceberem o papel social que o livro representa.

Foi utilizado dois materiais inusitados e versáteis. Um é o micro cimento que consiste em uma textura de cimento queimado em que se pode utilizar em áreas molhadas permitindo um acabamento único e sólido em todas as faces como piso, parede, bancadas e até mesmo a banheira que desenhamos, também se é livre para escolher a coloração do cimento, no Bnagalô, se encontra em tonalidade rosada, trazendo referências a Terra e seguindo uma forte tendência. Outro material diferenciado é o carpaccio de pedra, que consiste em lâminas bem finas de pedras naturais em estado bruto, com irregularidades e variações de tom, que tornam o ambiente mais rústico e sofisticado.

Por todo o projeto, permeia a delicadeza e força da mulher, retratada diante dos elementos escolhidos, bem como a identidade do escritório, que consiste em integrar o natural e o urbano de forma harmoniosa e com um toque de personalidade.

 

 

Comentários (0)