˜Em lugar de sala de estar, sala de jantar ou sala de lazer, uma sala de sonhar˜  —  um ambiente desenhado para que as pessoas se desconectem por alguns momentos da realidade, do dia-a-dia, e mergulhe em uma fantasia, em uma atmosfera devaneante, em um universo onírico, leve, ligeiramente irreal e que enseje a reflexão. Mais que uma sala, um estado de espírito.
 

" />

A Sala de Sonhar na CASACOR Pernambuco.

A Sala de Sonhar na CASACOR Pernambuco.
  • Piano na Sala de Sonhar da CASA COR Pernambuco.

Piano na Sala de Sonhar da CASA COR Pernambuco.

  • Aparador bar na Sala do Sonhar da CASACOR Pernambuco.

Aparador bar na Sala do Sonhar da CASACOR Pernambuco.

  • Estante na Sala do Sonhar da CASACOR Pernambuco.

Estante na Sala do Sonhar da CASACOR Pernambuco.

  • Lustre

Lustre

  • Turíbio e Zezinho Santos

Turíbio e Zezinho Santos

˜Em lugar de sala de estar, sala de jantar ou sala de lazer, uma sala de sonhar˜  —  um ambiente desenhado para que as pessoas se desconectem por alguns momentos da realidade, do dia-a-dia, e mergulhe em uma fantasia, em uma atmosfera devaneante, em um universo onírico, leve, ligeiramente irreal e que enseje a reflexão. Mais que uma sala, um estado de espírito.
 



Como tema este ano na CASACOR Pernambuco e todas as edições 2019, o escolhido foi: Planeta Casa, a casa como universo particular de quem a habita, o local onde se pode fazer uma pausa e ter espaço para a introspecção e reflexão. O planeta pessoal e íntimo de cada um, no qual se pode pensar sobre a vida, posições ideológicas e relações com o próximo. E, quem sabe, de onde se possa sair cada dia para fazer um planeta melhor, uma Terra mais digna.


A mostra, dessa forma, procura ensejar a ponderação não somente para os lares de quem a visita, mas para o mundo, e que essa mudança de atitude e afeto comece dentro de casa e se reflita no bairro, na comunidade e em todos os lugares possíveis.


A Sala de Sonhar, assinada pela dupla, Turíbio e Zezinho Santos, foi desenhada de acordo com essas diretrizes, e embarcam não apenas no mundo particular consciente, mas nos sonhos  —  que mais vezes do que se pode pensar são a força motriz das ações do dia a dia. 

Uma sala de sonhar, para se sonhar  —  verbo  —, e não uma sala dos sonhos, substantivo, que teria a conotação mundana e boba de objeto de desejo.


Apoiada na afetividade, na tecnologia e na sustentabilidade  —  aspectos essenciais para traduzir o tema em cada espaço da mostra, de acordo com a organização, a concepção da Sala de Sonhar passa por e envolve todas as variáveis do projeto, da arquitetura de interiores e decoração às sensações auditivas, olfativas e emocionais. 


A planta-baixa, os acabamentos, materiais, peças, obras de arte, a música, o cheiro, o texto, as palavras  —  a Sala de Sonhar é o desenho de um estado de espírito.

Comentários (0)