O Grupo Cosentino se Destaca na CASACOR SP

O Grupo Cosentino se Destaca na CASACOR SP
  • Débora Aguiar

Débora Aguiar

  • João Armentano

João Armentano

  • Jóia Bergamo

Jóia Bergamo

  • Dado Castello Branco

Dado Castello Branco

  • Lidia Maciel

Lidia Maciel

  • Melina Romano Interiores

Melina Romano Interiores

  • Paola Ribeiro

Paola Ribeiro

  • Ricardo Borges

Ricardo Borges

  • Flavia Ranieri

Flavia Ranieri

  • Patricia Hagobian

Patricia Hagobian

  • Trés Arquitetura

Trés Arquitetura

  • Érika Salguero

Érika Salguero

  • Steffi Kauffman e Patricia Bacellar

Steffi Kauffman e Patricia Bacellar

  • Flavia Gerab Tayar e Silvana Mattar

Flavia Gerab Tayar e Silvana Mattar

  • Marcelo Diniz

Marcelo Diniz

  • Gustavo Martins

Gustavo Martins

A ideia de renovar a casa como refúgio e espaço para celebrar os laços de afeto e reconexão com a natureza, é o tema desse ano para a CASACOR. E o Grupo Cosentino é um dos apoiadores do evento, presente em 18 ambientes com o Dekton®, o Silestone®, e Sensa® by Cosentino.



O destaque começa na Casa Cosentino by Débora Aguiar, que marca a volta da arquiteta à Mostra após 5 anos, com 1100m2, o maior ambiente desta edição trazendo como proposta uma casa completa e integrada, voltada para o convívio familiar e para a área externa.

Ela usa uma gama de materias do Grupo para criar mais sofisticação em seu ambiente. Em todos os espaços, o Dekton® e Silestone® são reverenciados em várias cores e modelos. O Silestone® Calacatta Gold enobrece o piso e a parede do banheiro, assim como Dekton® Keranium e Dekton® Zenith, também estão presentes no mesmo ambiente.  Nas duas lareiras existentes receberam borda em Dekton® Entzo, assim como a ilha do closet, que tem a bancada no mesmo modelo.

Na cozinha a bancada foi desenvolvida no Dekton® Galema. No home, ela criou um grande painel em Dekton® Kelya, enquanto na área externa, a borda da piscina e o painel são em Dekton® Radium, que é um lançamento da Cosentino, e ganha a companhia de Dekton® Domoos na parede do jardim. Todo o piso do ambiente de Débora é em Dekton® Irok e os batentes em Dekton® Sirius.

Na Villa Olivo Todeschini de João Armentano que também volta à mostra, ele propõe uma casa que pode ser habitada tanto nos dias de hoje como nas próximas décadas. Para o projeto, Armentano escolheu Dekton® Zenith para o piso e bancada da cozinha e para a bancada e parede do banheiro, elegeu Dekton® Entzo.

Inspirada na biblioteca de Filologia da Universidade de Berlim, a arquiteta Jóia Bergamo assina a Casa do Escritor, com a transparência do vidro como protagonista. Para a cozinha, Jóia elegeu Dekton® Trilium na bancada, conferindo aspecto industrial e contemporâneo.

A cor Opera, lançamento de Dekton® este ano, marca presença na Casa do Relógio, do arquiteto Dado Castello Branco. Com um conceito urbano, o espaço conta com a superfície ultracompacta no revestimento de toda a marcenaria do espaço, como portas e gavetas, além da bancada da cozinha.

A arquiteta Lidia Maciel assina a Casa Linea, uma casa térrea voltada para o bem-estar e tranquilidade. Para o ambiente, Lidia conta com 2 modelos de Dekton®: Entzo para as prateleiras da estante generosa de 12 metros de comprimento, para a lareira e para a placa inteira que reveste a fachada; e Zenith para a bancada.

O Estúdio Trama, de Melina Romano, também ganhou mesa em Dekton® Entzo. Já a bancada é em Silestone® Blanco Zeus Suede.

Paola Ribeiro mantém a parceria com a marca em todas as suas participações na mostra e traz Dekton® Kelya para a sua Casa Terra, onde evidenciou a beleza da superfície na bancada.

O Transtúdio, de Ricardo Borges, tem bancada e pórtico em Dekton® Glacier, compondo com muita sofisticação o estilo contemporâneo do espaço.

O Estúdio da Longevidade, de Flavia Ranieri, é um ambiente voltado especialmente para o público da terceira idade. Para criar a bancada, Flavia misturou dois padrões de Dekton® e Silestone® que combinam perfeitamente e dão o toque sofisticado para o projeto: Dekton® Aura na bancada de serviço e Silestone® White Storm na versão Suede na bancada do banheiro.

O Loft LG #amour, de Patricia Hagobian, traz Dekton® Nayla na bancada da cozinha e no nicho e bancada do banheiro. A Casa Menir, do escritório Très Arquitetura, ganhou a beleza de Silestone® Serena, da linha Eternal, para a bancada, no acabamento Suede. Da mesma linha, Silestone® Charcoal Soapstone também no acabamento Suede dá elegância à bancada e revestimento do nicho da Casa Essencial, de Gustavo Martins. Já o mair puro Silestone® Iconic White aparece no Estúdio do Executivo, de Erica Salguero, no acabamento Suede.

Além dos espaços residenciais, os materiais da marca ganham destaque em projetos comerciais e corporativos. Novidade na mostra, o Tea Lab, projeto de Steffi Kauffman e Patricia Bacellar, é uma casa de chás onde serão realizados eventos e workshops durante o evento. Neste espaço funcional, as profissionais elegeram Dekton® Kairos para a bancada, em uma complementação sofisticada. 

O espaço 218.BR, de Flavia Gerab Tayar e Silvana Mattar, traduz o conceito de hospedagem voltado para as chamadas long stays de luxo, apartamentos alugados por períodos menores e que mantém as características de uma casa própria. No ambiente, as meninas optaram por 2 materiais distintos da Cosentino para o espaçço: Dekton® Fiord, da linha Natural XGloss na bancada e Sensa Negro Indiano, uma pedra natural oferecida pela marca, em um das paredes.

A Cosentino também está presente no Banheiro Público da mostra. Dekton® Blanc Concrete aparece no piso, lavatório e bancada do espaço assinado por Marcelo Diniz.

Na Casa Essencial de Gustavo Martins ele optou por revestir bancada e nicho com Silestone® Charcoal Soapstone no acabamento Suede. O padrão, que faz referência ao aspecto natural da pedra sabão, ganha nova roupagem com o acabamento aveludado oferecendo toque diferenciado sem perder todas as qualidades únicas de Silestone.

A presença de variadas cores e linhas de Dekton® e Silestone® na CASACOR São Paulo 2018  evidencia não só a ampla gama de tons que a Cosentino apresenta no mercado, mas principalmente a versatilidade de aplicações dos materiais. Em ambientes internos ou externos, é possível criar e inovar de diferentes formas mantendo a qualidade das superfícies.

Comentários (0)